Caixa com cotonetes com haste em bambu e luffa vegetal para o banho

Alternativa a um dos Maiores Poluidores Marinhos – Os Cotonetes

Alternativa a um dos maiores poluidores marinhos - Cotonetes de Bambu

Os cotonetes são um pequeno objecto que, praticamente todos nós, temos na casa de banho das nossa casas. Tanto os usamos para retirar o excesso de cera dos ouvidos, como para retocar maquilhagem, para limpar o umbigo dos nosso recém nascidos e até para fazermos trabalhos manuais com as crianças.

Os Cotonetes são um dos maiores focos de poluição marinha

Os cotonetes, a seguir às beatas de cigarro, são o resíduo que mais aparece nas nossas praias.

O que acontece com a utilização dos cotonetes de plástico convencionais, é o facto de muitos, depois de os usarem, os deitarem na sanita. Quando aí colocados e no caso de não ficarem presos nos canos e poderem provocarem inundações, quase sempre acabam nos nossos oceanos, já que os sistemas de filtração das estações de tratamento de águas residuais (ETAR’s) não têm capacidade para reter este tipo de resíduo de pequena dimensão.

Muitos dos cotonetes que vão até ao mar, acabam por aparecer na costa, sendo por isso muito comum, quando passeamos pela praia encontrar vários exemplares.

Segundo a Sociedade para a Conservação Marinha do Reino Unido, os cotonetes constituem 60% do lixo proveniente das águas residuais encontradas nas praias.

Outros artigos frequentemente depositados também nas sanitas e que frequentemente acabam no mar são as toalhitas, beatas de cigarro, tampões, medicamentos e até fraldas.

As consequências para a saúde

Já não é novidade para ninguém que a quantidade de plástico que acaba no mar tem consequências na nossa saúde, seja pelo facto de os animais marinhos os confundirem com alimento, seja pela sua deposição no fundo dos oceanos.

Isto altera todo o funcionamento dos ecossistemas, degradando-os. Há ainda o facto de o plástico, ao decompor-se, não desaparecer mas sim transformar-se em pequenas partículas a que frequentemente se chama microplástico.

Estas micropartículas facilmente se misturam com o planctôn e servem de alimento aos animais marinhos, os mesmos que nós pescamos e comemos a pensar que estamos a fazer uma refeição saudável e afinal… estamos a comer plástico!

Alternativas aos cotonetes de plástico

Alternativas ao cotonetes de plástico

Depois de ter visto a fotografia, que correu o mundo, do cavalo marinho a segurar um cotonete, percebi a urgência que é alterar alguns hábitos que tinha.

Uma alternativa aos cotonetes de plástico pareceu-me urgente.

Alguns países, como a Escócia, já baniu a comercialização de cotonetes plásticos para evitar este enorme foco de poluição.

Por cá, há cada vez mais alternativas aos tão úteis cotonetes.

Facilmente já encontramos à venda alternativas, com o tubo em bambu e também em cartão. Funcionam exactamente da mesma forma e têm a enorme vantagem de serem degradáveis ou recicláveis.

Nós, embora não tivéssemos o (mau) hábito de deitar os cotonetes na sanita, estamos a usar os de bambu e garanto-vos que funcionam muito bem!

Podem encontrar este artigo na EcoLoja da Mãe Natureza – Sustentabilidade do Coração.

E por aí? Ainda usam os convencionais de plástico? E onde os deitam?

12 comentários em “Alternativa a um dos Maiores Poluidores Marinhos – Os Cotonetes”

  1. Olá Beatriz,
    O problema da poluição associada aos cotonetes é essencialmente por causa da sua pequena dimensão e peso, que faz com que facilmente entre nas linhas de água e chegue ao mar (seja porque é deitado na sanita e não é filtrado nas ETAR's, seja porque é levado pelo vento e arrastado até às linhas de água).
    Daí a importância de usarmos alternativas com menor impacto ambiental!
    Beijinhos

  2. Olá!
    É um hábito fácil de alterar porque os que falo são em tudo idênticos aos convencionais!
    Os de bambu comprei online. Há na Sapato Verde e penso que também na Maria Granel (se for de Lisboa). As grandes superfícies também já vendem os que têm o "pauzinho" em cartão.
    Espero ter ajudado.
    Bjinhos

  3. Uso pouco os contonetes, apenas em relação às unhas para limpar qualquer resíduo de verniz. Contudo, são frequentes aqui em casa pelos motivos que menciona. É realmente importante sensibilizar os seus leitores para estas questões e apresentar alternativas (que eu nem conhecia). Apreciei a atitude da Escócia, contudo, é complicado banir por completo sem apresentar, primeiro, uma gama acessível de alternativas. Reconhecia que são um problema, relacionado a poluição, desconhecia alguns outros detalhes que mencionou e sinto-me culpada. Tenho de introduzir aos poucos as alternativas! Gostei muito do post!

    Um enorme abraço,
    swacre.com/

  4. Olá Sara,
    Muito obrigada pelo seu comentário!
    É verdade que cada vez mais há preocupação com a poluição e desta forma surgem no mercado alternativas menos prejudiciais.
    Aos poucos, encontramos as alternativas em cada vez mais locais e também cada vez mais acessíveis.
    Beijinhos e obrigada 😉

  5. Fico feliz por saber que existe alternativas para este atentado ao ambiente.
    Eu há muito deixei de usar cotonetes até porque li online que o uso dos mesmos poderia causar algum acidente aos nossos ouvidos. O faço em forma de alternativa é apenas no banho delicadamente lavá-los e limpar a cera visível com a toalha (que é sempre pouca ou nenhuma dado que lavo no banho).
    Adorei realmente o post! A mim conseguiu com mais certeza evitar o uso dos cotonetes.
    Beijinhos,
    Tudonositiocerto.wordpress.com

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.