Óleo Essencial de Lavanda Latifólia

10.10

O óleo essencial de Lavanda Latifólia (Lavandula spica), também chamado de óleo essencial de lavanda ou alfazema macho, é obtido através da destilação da sumidade florida desta planta.

É um óleo essencial quimiotipado, proveniente de plantas cultivadas segundo os princípios da Agricultura Biológica.

A lavanda latifólia fornece um óleo essencial qualificado para urgências, porque terá um efeito “miraculoso” no alivio e cura, quase instantânea, de queimaduras severas e picadas de vespa. O uso deste óleo nestas circunstancias provará, se necessário, que a aromaterapia é uma forma de medicina por si só.

 

Availability: Em stock

O óleo essencial de Lavanda Latifólia (Lavandula spica), também chamado de óleo essencial de lavanda ou alfazema macho, é obtido através da destilação da sumidade florida desta planta.

É um óleo essencial quimiotipado, proveniente de plantas cultivadas cultivadas segundo com os princípios da Agricultura Biológica.

É da marca Pranarôm, conhecida pelos muitos anos de dedicação, experiência  e muito conhecimento na área da aromaterapia.

Porque deve um óleo essencial ser quimiotipado?

O quimiotipo é a denominação que se destina a caracterizar um óleo essencial do ponto de vista botânico e bioquímico. Apenas o conhecimento do quimiotipo poderá garantir qualidade terapêutica e segurança no emprego de um óleo essencial.

Para definir a ação terapêutica de um óleo essencial, a aromaterapia cientifica exige um conhecimento perfeito da classificação botânica das plantas aromáticas, um conhecimento preciso dos constituintes químicos e quimiotipos, uma noção rigorosa das precauções de utilização, no que diz respeito à dosagem, posologia, modo de emprego e eventuais contra-indicações.

Um óleo essencial prescrito deve ser quimiotipado, 100% puro e 100% integral.

O renascimento da aromaterapia

A fito-aromaterapia é a mais antiga forma de terapia do mundo. Ela existe desde sempre, uma vez que as plantas foram sempre utilizadas como condimentos, como plantas medicinais e em rituais.

Em contraste com as drogas obtidas por síntese química ou por extração dos princípios ativos, a fito-aromaterapia, é a medicina natural por excelência. A estrutura de um óleo essencial é complexa, o que faz com que um óleo não tenha apenas uma propriedade terapêutica mas sim múltiplas. Por conseguinte, existem logo à partida, possibilidades de sinergia e de potencializações que permitem uma individualização terapêutica.

Uso mais frequente do óleo essencial de Lavanda Latifólia:

  • Uso local

Capacidade: 10ml

Embalagem: Frasco de vidro escuro

País de origem: Espanha

Propriedades principais:

  • antibacteriano médio
  • antiviral e estimulante imunitário
  • excelente fungicida
  • expectorante
  • analgésico

Indicações tradicionais:

  • queimaduras
  • problemas de pele
  • dores de cabeça
  • picadas de insecto

Exemplo de utilização:

Em picadas de vespa, medusas, escorpiões, …. Aplicar a cada 5 minutos, durante 1/2 hora, 2 gotas de óleo essencial de lavanda latifólia.

Precauções gerais:

  • Por precaução e excesso de zelo, durante os 1º trimestre de gravidez está interdito o uso de óleos essenciais. Apenas o médico aromaterapeuta pode tomar essa responsabilidade.
  • Após massagem ou aplicação cutânea é conveniente lavar as mãos.
  • Utilizar sempre óleos essenciais de elevada qualidade (100% puros e naturais e não adulterados) e de marca reconhecida.
  • Nunca deixar os frascos ao alcance das crianças.
  • As pessoas com tendências alérgicas deverão tomar precauções adicionais, fazendo testes alérgicos aos óleos que pretendem usar.
  • Os olhos, nariz, canal auditivo e zonas anogenitais nunca podem ser alvo de aplicação de óleos essenciais puros.
  • Em caso de absorção ou ingestão acidental, ingerir ou aplicar um óleo gordo, para diluir o óleo essencial (azeite, girassol) e em seguida dirigir-se a um centro antiveneno.
Peso Total do Produto 45 g

Tens alguma pergunta ou dúvida sobre este produto?


 

Também podes gostar…